Mascotes Olímpicas - De Talismãs a Símbolos de Identidade

 

 

O acervo exposto, envolve 49 peças, é complementado por textos de parede relativos a cada edição dos Jogos Olímpicos com mascote (desde os Jogos de Inverno de Grenoble-1968 até Tóquio-2020) e ainda pela projeção de filmes de animação protagonizados por mascotes olímpicas.

Concebida pela Academia Olímpica de Portugal com recurso a peças provenientes de coleções particulares ou institucionais, a exposição retrata meio século de história olímpica no que se refere a este tipo de símbolos identitários, que se tornaram também elementos de valor económico relevante para os comités organizadores de cada edição dos Jogos Olímpicos.

Estiveram presentes na inauguração, o Presidente da Academia Olímpica de Portugal, Tiago Nunes Viegas, o fundador dos Jogos de Quelfes e membro do Conselho Diretivo da Academia Olímpica de Portugal, Gustavo Marcos, o Diretor Científico do Museu, Professor José Gameiro, a Chefe de Divisão do Museu, Isabel Soares, a Chefe de Divisão do Desporto da CMP Ana Lucas e a Vereadora da Cultura da CMP, Teresa Mendes.

A exposição das mascotes olímpicas fica patente até dia 21 de abril, às terças-feiras, das 14h30 às 18h00, e de quarta a domingo, das 10h00 às 18h00.

Créditos fotográficos: Filipe da Palma

(16 de março a 21 de abril 2019)


                                                                                                                                      logoCmp



@2018 - Sítio oficial do Museu de Portimão. Todos os direitos reservados.